Deputado Robinson Almeida defende Democracia e critica flerte de Bolsonaro com golpe: “será derrotado por Lula”

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) disse, em publicação no Twitter, nesta sexta-feira (6), que o presidente Jair Bolsonaro (PL) flerta com o golpe por saber da sua iminência derrota eleitoral, na disputa contra o ex-presidente Lula, nas eleições de outubro. O parlamentar criticou as recentes declarações de Bolsonaro, de que as Forças Armadas não serão espectadoras nas eleições deste ano e que ele exigirá auditoria das urnas eletrônicas. O presidente ainda cobrou que o Tribunal Superior Eleitoral torne público os questionamentos feitos pelos militares ao processo eleitoral brasileiro. Nos 88 questionamentos enviados à corte, militares levantam dúvidas sobre a votação e apuração eleitoral no país, o que foi motivo de criticas de entidades que defendem a democracia. Desde 2021 Bolsonaro diz, sem provas, que há falhas nas urnas eletrônicas e defende a volta do voto impresso no Brasil.

“Com iminente derrota eleitoral, Bolsonaro flerta com golpe. Como não vai ser reeleito, planeja melar as eleições com ameaça às instituições democráticas”, criticou Robinson Almeida. “A postura e conduta de Bolsonaro, desde o início, são incompatíveis com o cargo público, o mais alto da República, que ocupa. Sobram motivos, crimes, para embasar um pedido de impeachment. Flertar com o golpe, crime contra ordem constitucional, é um deles. É inafiançável e imprescritível”, enfatizou o parlamentar.

O deputado baiano também disse que Bolsonaro, por ter falhado na economia e no enfrentamento à pandemia, cria cortina de fumaça para desvirtuar o fracasso que é seu governo, responsável pela volta dos fantasmas da inflação e da fome para o Brasil.

“Bolsonaro fracassou na economia e quer acabar com a democracia porque sabe que ele não tem apoio popular para seu projeto que trouxe a carestia, a inflação e a fome para nosso país. O Brasil quer um presente que retome o emprego, coloque comida na mesa e controle a inflação. O povo brasileiro não quer a gasolina e o gás atrelados ao dólar. O Brasil quer soberania e desenvolvimento e
Bolsonaro, o pior presidente da história do Brasil, não tem envergadura moral e intelectual para liderar e defender os interesses nacionais que promovam o desenvolvimento soberano, inclusivo e sustentavel que nosso país precisa”, enfatizou Robinson Almeida.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.