Espaço Salvaguarda do Ipac participará da Festa Literária Arte e Identidade

De 26 a 29 de abril, alunos de escolas estaduais visitarão o Espaço e participarão de uma programação diversificada alusiva aos patrimônios imateriais do Estado

Em uma parceria entre a Secretaria de Educação e a Secretaria de Cultura Estaduais, a Festa Literária Arte e Identidade acontecerá no Centro Histórico de Salvador, de 25 a 30 de abril. A iniciativa promoverá uma série de atividades voltadas para a arte, leitura e difusão do livro. O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) participará, de 26 a 29 de abril, com programação alusiva aos patrimônios imateriais do Estado voltada para alunos de escolas públicas estaduais, incluindo roda de conversa, apresentação dos Caretas das Ilhas de Cairu, exibição de documentários e apresentações das Cheganças de Cairu, Arembepe e Saubara.

O objetivo da Feira Literária Arte e Identidade é promover ações de incentivo e estímulo à leitura como prática social em diferentes espaços da sociedade, despertando crianças e jovens para o hábito de ler e compartilhar leituras, livros e vivências, principalmente no que tange à tonarem cidadãos com senso crítico e capazes de entender o mundo ao seu redor.

Segundo Daiana Sacramento, coordenadora de Educação Patrimonial do Ipac, as ações foram planejadas com a intenção de contribuir para o desenvolvimento intelectual do jovens. “Por meio dos livros que temos disponíveis no Espaço Salvaguarda do Ipac e das atividades dinâmicas vamos levar informações sobre as nossas manifestações culturais que tanto nos orgulha e nos torna únicos. Uma grande oportunidade deles se empoderarem e criarem um senso de preservação de nossos bens imateriais”, explicou.

O Espaço Salvaguarda do Ipac foi inaugurado dia 15 de março deste ano com o objetivo de contribuir para divulgação dos produtos gerados a partir do Programa Aldir Blanc Bahia, relacionados aos Patrimônios Culturais Imateriais do Estado. O espaço, que é aberto ao público e gratuito, fica localizado na Rua Gregório de Mattos, n° 29, no Pelourinho, e conta com exposições de fotos, livros, documentários e materiais que caracterizam os bens; além de trazer diversas atividades. Dentre as ações já promovidas no Espaço, já foram contempladas as baianas de acarajé, Bembé do Mercado, o Centro de Abastecimento de Feira de Santana e grupos de capoeiristas ligados ao Movimento Karapaça e à Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia (Aceb).

Programação no Espaço Salvaguarda do Ipac:

26/04 (terça-feira)

9h30 – Visitação na exposição “Salvaguarda do Ipac”, exibição do vídeo documentário “Trilha Patrimonial dos Caretas e Zambiapungas” e realização de “Roda de Conversa Interativa”.

27/04 (quarta-feira)

9h30 –  Visitação na exposição “Salvaguarda do Ipac” e exibição do vídeo “Do Dendê ao Acarajé”.

28/04 (quinta-feira)

9h30 – Roda de conversa e apresentação dos Caretas das Ilhas de Cairu – “Viva essa experiência que a Bahia também tem”.

29/04 (sexta-feira)

9h30 – Exibição do vídeo “A essência viva dos antigos carnavais” –  Carnaval Virtual de Maragojipe.

15h – Apresentação da Cheganças de Cairu, Chegança Feminina de Arembepe, Chegança Barca Nova feminina de Saubara e Chegança dos Marujos Fragata Brasileira de Saubara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.