Kátia pede à Agerba que cancele alterações nas linhas de ônibus de Simões Filho: “Decisão unilateral”

A deputada estadual Kátia Oliveira (MDB) encaminhou um ofício à Agerba na segunda-feira (20) para solicitar que o órgão suspenda a medida que provocou alterações em linhas de ônibus de Simões Filho. De acordo com a parlamentar, duas linhas que ligavam o município à capital foram transformadas em apenas uma, que ainda tem horário reduzido, prejudicando em torno de 3 mil famílias. 

Além de pedir o cancelamento da medida, Kátia Oliveira solicita à Agerba que realize uma audiência, ainda nesta semana, envolvendo representantes das comunidades afetadas, da empresa que opera a linha, além da própria parlamentar. “Foi uma decisão unilateral da Agerba que pegou de surpresa os moradores dos distritos de Cotegipe, Santa Luzia, Mapele, Aratu e Ilha de São João”, afirmou.

Ela explica as alterações, iniciadas na última quinta-feira (16), trazem sérios prejuízos para a população dessas quatro localidades. Isso porque as duas linhas ligavam os distritos à Cidade Baixa e, agora, foram reduzidas a apenas um itinerário, com destino final na Estação Pirajá.

“Na região, há aproximadamente 3 mil famílias cuja sobrevivência depende da venda dos produtos oriundos da sua atividade de produção rural, pesca, mariscagem e artesanato, realizadas nos mercados da Cidade Baixa, sobretudo na Calçada, no Mercado do Peixe e na Feira de São Joaquim. A mudança prejudica a população, que já vem sendo demasiadamente afetada pela crise provocada pela pandemia do novo coronavírus”, salientou.

A mudança foi anunciada na semana passada pela Agerba. Segundo o órgão, a nova  linha Mapele/Ilha de São João x Terminal Pirajá surge da aglutinação das linhas 822 – Mapele/Ilha de São João x Terminal da França, via Av. Suburbana; e 872 – Mapele/Ilha de São João x Terminal Retiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.