Lauro de Freitas reforça ações de prevenção ao HIV no “Dezembro Vermelho”

Para intensificar ações e conscientizar a população acerca do HIV e das demais Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), a Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) inicia as atividades do Dezembro Vermelho nesta quarta-feira (01). A abertura oficial da campanha será realizada no auditório da sede da pasta, a partir das 9h. A programação contará com intensa agenda de eventos em locais estratégicos até o final do mês.

Equipes de Saúde da Família farão ações de prevenção, detecção e diagnóstico de HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis, durante o mês em todas as unidades de saúde. Outras ações de prevenção, conhecimento e enfrentamento às IST’s estão previstas para acontecer no Espaço Cidadão e Colégio Estadual Agostinho de Deus (Itinga), Estação de Metrô (Terminal Aeroporto), Colégio Estadual Bartolomeu de Gusmão e Pronto Atendimento Santo Amaro de Ipitanga (Centro), agências bancárias, entre outros, em dias e horários a serem divulgados em breve.

Por entender que o diagnóstico precoce é importante para o tratamento da doença, a Sesa, por meio do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), estima realizar, no mínimo, mil testes de triagem do HIV com a realização de teste rápido por amostra, seguido de monitoramento dos encaminhamentos aos serviços de saúde. Os resultados reagentes serão encaminhados para o serviço de saúde de referência, previamente articulados com a gestão local no âmbito da estratégia, como o CTA.

A iniciativa busca reforçar a importância da prevenção, diagnóstico e tratamento das IST’s, conforme reforçou o diretor do CTA, Dejair de Deus. “A ideia é que a gente diminua o risco de transmissão através da conscientização e testagem da população. Por isso, estamos intensificando as ações de testagem, autoteste, distribuição de preservativos, gel lubrificantes, a prevenção combinada e os fluxos instituídos na cidade para atender as pessoas”, contou.

O diretor reforçou ainda a necessidade da testagem para diagnóstico precoce. “O HIV, por exemplo, é uma doença crônica que tem tratamento. Não é preciso ter medo de testar positivo, mas de não saber o estado sorológico para evitar complicações causadas pela doença. Por isso, a importância do tratamento precoce”, afirmou.

Dezembro Vermelho

A campanha do Dezembro Vermelho visa conscientizar a população sobre o tratamento precoce do HIV e das demais IST’s. O último mês do ano foi escolhido pelo Ministério da Saúde por causa do Dia Mundial de Combate à Aids, neste dia 1º de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *