Mesa Diretora da ALBA aprova 16 proposições apresentadas por deputados

Em reunião realizada nesta quinta-feira (7), os integrantes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa aprovaram 16 proposições apresentadas pelos deputados. Do total, 12 matérias se tratam de indicações, e quatro são moções – todas, exceto uma, relacionadas às ações voltadas para o combate à pandemia, ainda que indiretamente, foco principal das ações do parlamento.
Seis indicações foram da deputada Fabíola Mansur (PSB), que sugeriu ao governador Rui Costa a isenção de tributos dos hospitais e entidades filantrópicas que atenderam vítimas do Covid-19 e também o uso dos R$100 milhões, das emendas parlamentares, bem como a aplicação de recursos estaduais no campos da Uesb de Jequié para pesquisa. Ela também quer aulas on line, através de aplicativos e da TVE para alunos da rede estadual pública e teletrabalho, além da instalação de equipamentos de descontaminação nas unidades da Sesab.
O deputado Jacó (PT) propõe que a vacinaçãocontra gripe vá a todas as casas de idosos (muitos não se locomovem sem apoio) e que seja domiciliar para pessoas com mais de 80 anos, e também a distribuição de máscaras para carentes cadastrados nos programas sociais da Bahia. O deputado Euclides Fernandes (PDT) sugere a suspensão das taxas cobradas nos distritos industriais da Bahia de março a dezembro desse ano.
Já o deputado Roberto Carlos, também do PDT, quer que a Unacon (unidade de alta complexidade em oncologia) em Juazeiro seja convertida em hospital de campanha enquanto durar a pandemia. O deputado tucano Tiago Correia sugere a criação d eum seguro de R$300 mil para os servidores que vierem a falecer ou a invalidez permanente por conta do trabalho relacionado com o corona virus. E a deputada Olívia Santana (PC do B) sugere que os trabalhadores do setor financeiro, qsejam prioridade na vacinação contra a influenza, nessa 22ª campanha nacional. As moções foram apresentadas pelos deputados Jacó, Jusmari Oliveira (PSD), Tiago Correia, e Eduardo Salles (PP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *