Operadores do turismo têm acesso a cursos e serviços em um só local

O Centro de Recuperação do Turismo (CRT), no Hub Salvador, no Comércio, só começou a funcionar ontem (05), mas já se tornou um ponto essencial de apoio para os profissionais do setor. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), responsável pelo espaço, tem recebido várias ligações e mensagens de solicitação de agendamento de serviços e consultorias disponíveis no local.

A estrutura beneficia pessoas que trabalham nos diversos setores relacionados à cadeia do turismo, a exemplo das agências de viagem, hotelaria, bares e restaurantes, serviços de transporte e recepção e guias, entre outros. São profissionais que foram duramente afetados pelos efeitos do novo coronavírus e as necessárias medidas de isolamento social.

Um dos primeiros atendidos no CRT foi Wellington Correia, proprietário de uma empresa de transporte executivo. Ele agendou atendimento com um representante bancário e conseguiu tirar dúvidas sobre as operações de crédito disponíveis no mercado. Ele contou que, com a pandemia, as operações tiveram uma redução em torno de 80%. No entanto, o empresário espera que a situação melhore aos poucos, a partir dos próximos meses.

“Graças a Deus estamos contando com iniciativas como essa do CRT e com a ajuda de parceiros como o Sebrae para poder fazer toda a nossa modelagem, o nosso portfólio e ajustes operacionais necessários. É extremamente importante para o pequeno empresário, principalmente do setor de turismo, ter esse retorno em forma de recursos para sobreviver a essa pandemia. A iniciativa é legal, porque concentra todos os serviços necessários para que o profissional do turismo possa utilizar e fazer o seu planejamento”, disse.

Para o titular da Secult, Pablo Barrozo, a procura neste início de funcionamento supera as expectativas. “Estamos realmente no início, mas nos surpreendemos com o número de procura dos agentes de turismo em busca de consultoria e dos serviços prestados no CRT”.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *