Paulo Câmara critica violência e pede ação enérgica do estado no combate à criminalidade

Mais uma vez o deputado estadual Paulo Câmara (PSDB) volta a falar da segurança pública após nova onda de casos de violência em Salvador e região metropolitana. O parlamentar pede ação enérgica do estado no combate à criminalidade.

“Na última quinta-feira, bandidos interceptaram uma van na Suburbana e fizeram uma senhora refém, colocando uma faca no pescoço dela. Imagine o trauma dessa senhora e como ela não passou o dia das mães ontem. Além disso, sequestro relâmpago na Pituba, assaltos no Rio Vermelho, Itaigara e Pituba. Um homem assassinado a tiros à luz do dia em Camaçari. Um PM baleado e assassinado no sábado e, ontem, mais dois PMs que estiveram no enterro do seu colega foram assassinados a sangue frio. Essa é a Bahia do medo, a Bahia do terror. Se a bandidagem não está respeitando a nossa polícia, imagina nós cidadãos comuns”, criticou Câmara.

Na contramão do Brasil, que teve queda de 7% nos assassinatos em 2021, em comparação a 2020, a Bahia é tricampeã consecutiva na violência, com 5.099 mortes, entre homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. “Esperamos respostas efetivas do governo do estado para que os baianos voltem a viver com segurança pelas ruas da nossa cidade e do nosso estado. Precisamos aumentar o contingente de policiais civis e militares, melhorar a remuneração desses profissionais, dando melhores condições de trabalho e uma melhor infraestrutura”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.