Paulo Câmara volta a cobrar esclarecimentos dos respiradores após PF deflagrar operação na manhã de hoje (26)

Primeiro deputado da Bahia a denunciar, em junho de 2020, a compra malsucedida dos respiradores realizada pelo Consórcio Nordeste junto à empresa Hempcare, que resultou em um prejuízo de quase R$ 50 milhões, o deputado estadual Paulo Câmara (PSDB) voltou a cobrar esclarecimentos dos respiradores após a Polícia Federal (PF) deflagrar operação na manhã de hoje (26).

“Continuo cobrando esclarecimentos e espero que agora, com essa investigação da Polícia Federal avançando, que os fatos sejam apurados e os responsáveis sejam exemplarmente punidos. É isso o que eu quero, esclarecimentos, buscar a luz da verdade e quem embolsou os 50 milhões de reais, uma vez que muitas pessoas morreram por falta desse equipamento durante a pandemia. Os baianos têm o direito de saber quem foi o responsável. A hora está chegando”, disse o deputado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.