Roma reage a ataques de Jerônimo a Bolsonaro

O candidato ao governo da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), reagiu aos ataques do adversário petista, Jerônimo Rodrigues, ao presidente Jair Bolsonaro por conta da gestão de recursos para universidades federais. “O governo estadual não é nenhum exemplo de investimentos na entidade de ensino superior de sua responsabilidade”, afirmou Roma. Segundo ele, os próprios servidores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) sentem na pele e reclamam da escassez de verba para o ensino superior no estado.

“Professores e servidores da Uneb denunciam que o repasse do governo petista não supre a demanda das unidades e compromete as atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão”, assinalou Roma, lembrando que, em maio, houve manifestação dos funcionários da universidade estadual no Centro Administrativo da Bahia (CAB), cobrando solução para o problema.

“O ex-secretário da pior educação do Brasil precisa dar exemplo, antes de ficar criticando o presidente Bolsonaro. O legado de Jerônimo, como secretário estadual de educação, na terra de Anísio Teixeira, a maior referência em educação pública na história do Brasil, é vergonhoso”, afirmou João Roma, acrescentando que, se eleito, a educação em todos os níveis vai virar motivo de orgulho para baianas e baianos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.