Tum pede “Vacina Já” para policiais e bombeiros militares

O deputado Tum (PSC) defende que a vacinação dos policiais e bombeiros militares deve ter prioridade máxima em tempos de pandemia. Nesse sentido, o parlamentar protocolou, na Assembleia Legislativa, uma indicação dirigida ao governador Rui Costa e ao prefeito de Salvador, Bruno Reis. “Apesar dos esforços dos governos estadual e municipal, há um avassalador e catastrófico avanço de casos, internamentos e óbitos devido ao coronavírus. Venho, através desta proposição, reforçar sobre o papel fundamental e crucial de enfrentamento à crise sanitária desses valorosos servidores”, salienta o legislador.
O presidente da Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação da ALBA entende que os policiais e bombeiros militares, na execução de todo planejamento das autoridades para a contenção do vírus, sempre estão na linha de frente das ações, notadamente no cumprimento do toque de recolher e aplicação das normas restritivas do chamado lockdown.
Tum acrescenta que os referidos profissionais estão cada vez mais expondo-se na aplicação das medidas, mas que “infelizmente ainda não foram prioritariamente contemplados com a vacinação e precisam ter esta garantia”.
Por fim, ele acredita que seu pleito será atendido pelos gestores públicos, ao considerar que os policiais e bombeiros militares, “em face ao grau elevado de exposição e colaboração plena com a sociedade baiana, realizando atividades atípicas de segurança, devem sim entrar no grupo considerado prioritário para receberem com urgência o imunizante”, encerrou Tum.
Foto: Agência ALBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *