Vacinação na Bahia e envio de projeto que transforma o Mais Estudo em lei são destaques do Papo Correria

A vacinação contra a Covid-19 na Bahia foi o assunto que dominou a primeira edição do Papo Correria de 2021, transmitida ao vivo pelas redes sociais do governador Rui Costa, no início da noite desta terça-feira (2). Durante o programa, o gestor falou sobre a Sputnik V, vacina desenvolvida pela Rússia, que é objeto de uma ação ingressada pelo governo baiano no Supremo Tribunal Federal (STF) a fim de viabilizar a compra direta de até 50 milhões de doses, que já integram um acordo de cooperação assinado entre o país e o Governo da Bahia.
Na manhã desta terça-feira (2), a revista científica The Lancet publicou um estudo que aponta, após análise preliminar dos dados de fase 3 dos testes, uma eficácia de 91,6% para a Sputnik V. “Temos contrato com a Rússia e há a possibilidade de produzir o imunizante no Brasil, sem demora. Então, não faz sentido o governo federal estar protelando a análise desta vacina. O que nós questionamos é a aberração de condicionar a vistoria dos documentos à realização de um estudo de caso no Brasil, o que demoraria, pelo menos, 90 dias. Nós não temos esse tempo”, alertou Rui.
A Bahia detém a segunda menor taxa de mortalidade por Covid-19 do país e está entre os estados que mais vacinaram, desde que as primeiras doses começaram a ser aplicadas no Brasil. Até o momento, chegaram ao território baiano 550 mil doses, sendo 431.200 mil da CoronaVac e 119.500 da Oxford/Astrazeneca.
Mais Estudo
Também durante o Papo Correria, Rui anunciou que o Mais Estudo – programa de monitoria estudantil do governo estadual que paga bolsas a alunos da rede pública com notas acima de 8 – deixará de ser piloto para se tornar lei, um programa de Estado.
“Até o final desta semana, vamos enviar para a Assembleia Legislativa da Bahia o projeto. A ideia é que sejam dois jovens por turma, o que totaliza em média 52 mil monitores no estado, que vão, com certeza, nos ajudar a recuperar este tempo perdido e seguir melhorando os indicadores educacionais no nosso estado”, destacou o governador.
O objetivo da iniciativa é fortalecer o processo de ensino e aprendizagem nas escolas da rede estadual. Em 2019, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) selecionou, por meio do Mais Estudo, 10 mil alunos com bom desempenho em Língua Portuguesa e Matemática, que ganharam uma bolsa de R$ 200 para ajudar os colegas com notas abaixo da média nessas disciplinas.

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *