Vereador Odiosvaldo prega isolamento social na Ilha de Itaparica e na Linha Verde

O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) opinou hoje (07) que do ponto de vista epidemiológico, as travessias do ferry-boat para a Ilha de Itaparica e de barcos Salvador-Mar Grande deveriam ser interrompidas a partir de amanhã (8). “Assim,  reduziriamos as probabilidades de propagação do Coronavírus Covid-19, pois seriam evitadas as aglomerações de pessoas nos pontos turísticos da ilha”. O edil chama atenção ainda para a briga política entre as prefeituras de Itaparica e Vera Cruz que envolve a instalação de um Centro de Referência de tratamento à doença na região,  “o que pode resultar na perda de qualidade no atendimento para a população, sendo preciso que o Governo do Estado, através da Secretaria da Saúde (Sesab), resolva a questão política dos dois municípios”.

Além desses assuntos, o pedetista diz que é necessário demandar um olhar sobre o Litoral Norte, a Linha Verde, principalmente na Semana Santa, engajando os municípios que formam a região no combate à doença em decorrência do número de pessoas que podem se deslocar de Salvador para lá. “Tem que impor limites de acesso a esses municípios e, em relação ao Subúrbio Ferroviário, pergunto qual é o programa e planejamento de atendimento nas unidades hospitalares de campanha montadas para atender essa grande população, que no meu entendimento, deve ter envolvimento da direção do sistema ferroviário no combate ao Covid-19”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *