Homenagem ao Poeta Damário DaCruz

Dia 27 de julho, o meu amigo Damário DaCruz estaria  completando 69 anos. O conheci no início da década de 70, quando ainda aluno da ETFBA – Escola Técnica Federal da Bahia, o jovem e promissor poeta participava do CEPA – Círculo de Estudos Pensamento e Ação, fundado pelo professor Germano Machado, incentivador e promotor de eventos culturais e literários entre os seus alunos e notadamente, na Capital da Bahia.

Ainda guardo alguns poemas manuscritos e inéditos, da época em que o jovem aluno/poeta assinava Damário da Cruz e participava dos concursos de poesias organizados pelo atuante professor Germano, na velha Escola Técnica.

“Vela branca”, foi o primeiro dos seus seis livros editados.

18 de maio de 2010, cinco dias antes da sua partida escrevi um poema, no qual utilizei como inspiração os títulos dos seus livros. Pretendia visitá-lo e entregar o meu “Recado ao poeta”. Porém, infelizmente, me atrasei e ele não pode esperar. Então, naquela oportunidade, entreguei-o a Graça Cruz, sua esposa e musa.  Porém, após a sua partida, acrescentei o último verso e, somente agora,senti-me a vontade para publicar esta singela homenagem. 

Recado ao poeta   p/ Damário Dacruz


Vale “Todo risco” voar

e enfrentar o desafio da liberdade…

Muitos pousarão em seus

versos alados… 

Alguns conseguirão alçar

voos com as próprias asas

criadas por sua inspiração…

E desafiarão a gravidade

para vencer os desertos

que oprimem almas.

A navegar pelo universo

através do “Observatório Central”,

O poeta ensina os caminhos,

e guarda o “Segredo das pipas

nas entrelinhas das suas rimas…

Bons ventos haverão

de soprar “Vela branca”,

nas noites claras,

como pipas no mar…

Poeta, “Bem que te avisei”:

Cabe num verso uma existência,

numa estrofe, a eternidade,

na poesia, enorme saudade.

Em “RE (SUMO)”:
Poeta não se despede,

poeta não silencia,

eis que, bardo da vida,

com poética e alegoria,

escreve imortalidade.

Jair Araújo – escritor

Membro Correspondente da ALACIB – Academia de Letras, Artes e Ciências Brasil, Mariana – MG; Membro efetivo da SPBA – Sociedade Brasileira de Poetas Aldravianistas e do ICINBRA – Instituto de Culturas Internacionais do Brasil. @jairsaraujo48; jairsaraujo48@gmail.com

3 thoughts on “Homenagem ao Poeta Damário DaCruz

  • 12 de julho, 2022 em 4:45 pm
    Permalink

    Jair, amigo, que lindo poema, com inteligente e inspirada homenagem ao poeta Damário, com o seu toque e marca sempre admirável!!!

    Resposta
  • 12 de julho, 2022 em 4:52 pm
    Permalink

    O Poeta se eterniza nos versos e palavras que escrevem, tornando-se imortal!

    Resposta
    • 12 de julho, 2022 em 6:14 pm
      Permalink

      Obrigado, prezado amigo e poeta Evaldo Corrêa. Imortais também são os amigos como você.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.